Como acabar com a calvície feminina

Mostraremos hoje dicas práticas de como acabar com a calvície feminina.

A calvície, com toda a certeza, é um problema que traz muita insatisfação para quem o possui, principalmente quando estamos falando das mulheres que, querendo ou não, acabam por depende de seus cabelos para exprimir personalidade e beleza.

A calvície feminina, também conhecida como alopecia androgenética, está relacionada a muitas causas, mas o que realmente precisamos é de uma resposta concreta. Sendo assim, o artigo mostrará como acabar com a calvície feminina.

Como acabar com a calvície feminina

O que é a calvície e quais suas características?

Embora tenha esse nome mais complexo, a alopecia androgenética recebe a denominação de calvície para expressar a queda acentuada do cabelo. Existem muitas causas que podem ser aplicadas à problemática, sendo a mais comum aquela que possui origem genética e se manifesta com força total na fase adulta.

As crianças são incapazes de ser calvas, visto que os níveis hormonais são muito mais baixos e, para os homens, a testosterona seja um elemento que tenha relação direta com o afinamento dos fios. Esse problema pode vir a aparecer tanto na adolescência, quanto em uma fase mais avançada, entre 40 e 60 anos de idade.

Quando falamos em calvície feminina, não nos relacionamos com a testosterona, porque o padrão de queda é completamente diferente do sexo masculino. Mesmo assim, também é referente às alterações hormonais, tendo como base a modificação de estrógeno durante a menopausa.

Para os homens, a calvície se manifesta por meio de entradas na testa, já para as mulheres, é mais comum que o problema apresente um aspecto mais segregado, atingindo diversas partes do couro cabeludo. Além disso, também é possível que esse problema surja na faixa dos vinte anos de idade.

Como acabar com a calvície feminina definitivamente

A melhor dica que podemos dar para quem quer saber como acabar com a calvície feminina é utilizar o Nanoa Pro Hair.

Como acabar com a calvície feminina definitivamente

O Nanoa reduz a queda e depois faz o cabelo crescer rapidamente deixando você com 7 vezes mais cabelo, além de deixar os fios mais brilhantes e saudáveis.

É isto, esta é a melhor dica que podemos dar para vocês que estão pesquisando como acabar com a calvície feminina, cliquem abaixo, acessem o site oficial do produto para saber mais e aproveitem o desconto.

>> Acesse o site oficial do Nanoa Pro Hair clicando aqui agora e aproveite um DESCONTO.>>

Quais as causas da calvície?

A principal causa, de maneira indiscutível, é a genética. As outras, embora menos dominantes, ainda podem afetar igualmente uma mulher, sendo relacionadas ao estresse, dar à luz, apendicite ou infecções na garganta.

Em casos como o parto, mencionado acima, é possível que os fios voltem a crescer, visto que é muito comum que a queda de cabelo ocorra nesse período da vida de uma mulher.

Ao mencionarmos estresse, o problema está diretamente relacionado com uma predisposição hormonal, pois algumas delas aplicadas à tireoide, no ovário, doenças autoimunes ou dermatológicas também podem agravar a situação, causando tanto o nervosismo quanto outras modificações hormonais e corporais.

Colocando em termos mais técnicos, a calvície feminina relacionada à herança genética tem como principal base a atividade acelerada de uma enzima cinco alfaredutase, o que faz com que haja uma conversão da testosterona para dihidrotesterona (DHT), o que permite que o bulbo capilar fique mais sensível e propenso à queda.

Doenças psicossomáticas

Embora tenhamos falado muita coisa relacionada ao sistema hormonal ou imunológico, é válido lembrar que esses não são os únicos problemas que uma mulher pode enfrentar ao perceber que está ficando calva.

Muitas vezes, a perda de cabelo também está relacionada com o posicionamento social da mulher, visto que, na atualidade, há muitas demandas profissionais que se misturam com problemas de cunho pessoal, o que a leva a ter que saber lidar com a autoestima, cuidar da casa e dos filhos.

É uma carga muito grande para ser carregada sozinha, o que acaba por resultar em estresse acumulado, sensação de incapacidade e, na pior das hipóteses, a depressão. O mais agravante é que muitas delas sequer se dão conta das mudanças físicas.

Por esses e outros motivos é que a mulher da sociedade moderna acaba por ser tensionada mais do que as de outras épocas que, como de costume, acabavam por ficar unicamente em casa cuidando de seus filhos.

Com relação ao ambiente familiar, a calvície feminina acaba por atingir as mulheres que possuem filhos com maridos ausentes na criação, fazendo com que se veja obrigada a assumir duas funções. Já no profissional, podemos citar os contextos de grande competitividade e as inúmeras comparações. Estresse gera doenças.

Como acabar com a calvície feminina

Mesmo que o cabelo não seja fundamental para a sobrevivência do corpo humano, a questão estética acaba por falar mais alto, além de outros pontos como os fatores psicológicos e sociais. Ao saber que vivemos em um padrão imposto, querendo ou não, a falta dos fios resulta em problemas na autoestima.

Ao falarmos em um tratamento para a alopecia feminina, é importante mencionar que ela possui um maior número de recursos do que a masculina, podendo ter substâncias neutralizadoras dos hormônios masculinos sem afetar o desempenho usual.

É muito comum que o Minoxidil seja utilizado no tratamento, bem como o acetato de ciproterona que neutraliza os efeitos de andrógenos. Com ela, é possível ter uma ação hormonal e, ao ser associada com estradiol, a ação funciona basicamente como um anticoncepcional que irá, aos poucos, devolver os fios de cabelos, neutralizando a ação de hormônios masculinos e devolvendo a autoestima para muitas mulheres.

Embora alguns medicamentos tenham sido mencionados, é válido ressaltar que não é dispensável o acompanhamento com um médico especialista, tendo como saber qual o tratamento mais adequado para as suas condições. Para que, de fato, um medicamento seja eficaz, é estritamente necessário saber sobre sua ação, efeitos colaterais e os futuros resultados.

A alimentação pode ser uma aliada

Para quem sequer sabia sobre isso, a alimentação também tem um papel fundamental no tratamento da queda de cabelo. Por isso, para quem deseja reaver os fios, é indispensável que haja o consumo de alimentos ricos em proteína e selênio, mineral esse que ajuda na formação da pele, dos cabelos e das unhas.

A alimentação pode ser uma aliada

Para que não reste nenhuma dúvida, alguns dos alimentos ricos em proteínas são todos aqueles de origem animal. Já os ricos em selênio são a castanha-do-pará e a farinha de trigo.

Embora possa ser de grande ajuda para o tratamento e recuperação dos fios, é importante ter cuidado com a má utilização do selênio, visto que seu grande consumo pode acarretar em prejuízos para o organismo. Sendo assim, é aconselhável que se consuma uma única castanha-do-pará por dia, como uma maneira de suplementação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *